Bioeletrografia - Estudos de Caso


Estudo de caso 1: Evolução bio-psico-energética constatada através da bioeletrografia

O paciente encontrava-se em estado de depressão profunda, melancolia e apatia, aliadas a sentimento de culpa ocasionada por conflitos psicoemocionais advindos de situações não elaboradas. Disfunções encontradas, principalmente nos meridianos do Pulmão / Intestino Grosso e Coração / Intestino Delgado, justificavam sua dificuldade em superar fatos que envolviam mágoas, tristezas e perdas afetivas, comprometendo inclusive seu sistema imunológico. Apresentava ainda elevado nível de estresse comprometendo a qualidade de sono e baixa libido. Durante 7 meses de tratamento com terapia e florais observou-se nitidamente a reconstrução de sua energia vital (fechamento do halo energético nas fotos), bem como uma reaproximação consigo mesmo (última foto), melhora da auto-estima e do estado depressivo.

Setembro/2005

Abril/2006




Estudo de caso 2: Evolução bio-psico-energética constatada através da bioeletrografia

O paciente foi encaminhado à terapia tendo como hipótese inicial a existência de quadro depressivo grave com sintomas psicóticos e ideações suicidas. De acordo com o exame bioeletrográfico encontramos várias falhas no halo energético indicando grande perda de energia em todos os meridianos, o que evidenciou a existência de um grande comprometimento psico-físico-energético confirmando a existência de estado depressivo profundo acompanhado de sentimentos de culpa e de tendências autodestrutivas. Este quadro estava afetando principalmente os meridianos do Pulmão / Intestino Grosso, Coração / Intestino Delgado, Estômago / Baço-Pâncreas e Rim / Bexiga, o que indicava sua dificuldade em absorver as experiências do cotidiano gerando sentimentos de tristeza, medo e/ou apreensão. Sentimentos de culpa e falta de flexibilidade diante dos acontecimentos, ocasionados por padrões de crenças arraigados e/ou experiências passadas traumatizantes, podiam justificar o estado de afastamento de si mesmo. Grande comprometimento energético na região do Fígado / Vesícula Biliar denotava que seu equilíbrio emocional encontrava-se abalado devido a sentimentos de raiva reprimida. Após 4 meses de terapia observou-se significativa reconstrução de sua energia vital e melhora visível de seu estado emocional como um todo, bem como supressão dos sentimentos de culpa e diminuição significativa de suas tendências autodestrutivas. Embora o mesmo ainda apresente considerável perda de energia junto aos meridianos do Coração / Intestino Delgado, Fígado / Vesícula Biliar e Estômago / Baço-Pâncreas, o que nos indica que sentimentos de tristeza e raiva ainda não foram assimilados, comprometendo sua estabilidade psíquica. O mesmo passou de um quadro depressivo profundo para moderado. O paciente encontra-se ainda em tratamento (nov/2007).

Abril/2007
Polegar Indicador Médio Anular Mínimo 2 dedos

Agosto/2007
Polegar Indicador Médio Anular Mínimo 2 dedos