Amo-me e Respeito-me

Eu só quero a liberdade, a liberdade de ser eu mesma, a liberdade de sentir, a liberdade de ouvir o coração e segui-lo de olhos fechados. Momentos de conquistas, momentos de encontros e reencontros, momento de se despir e de abrir as portas da própria prisão para seguir o novo rumo, o novo caminho. Caminho esse que as vezes se faz presente e em outros não. Receio? Já não os tenho, mas aprendi a sentir e confiar.

Elevo-me nas alturas de meu próprio ser para contemplar o que há de melhor em mim. Assim abro-me e cubro-me de amor, de fé, de confiança e tantos bons sentimentos dos quais eu mesma fui capaz de privar-me. Refaço-me a cada instante para reconstruir-me, para curar-me de tudo o que me fiz um dia e ainda possa vir a fazer.

Quando aprendemos somos cada vez mais testados na prática, podemos falhar ou não. Mas se falharmos temos a oportunidade de parar e ver o que ainda insistimos em não aceitar. Nesse momento respiro, nesse momento fecho os olhos e rogo pela claridade se fazer e não mais ficar na escuridão de mim mesma.

E assim vamos caminhando e nos encontrando a cada passo, a cada cura que fazemos internamente para estarmos bem externamente. Ouvir, sentir o que temos aqui dentro nos abre a possibilidade de estarmos libertos de algumas amarras, libertos da prisão em que nos colocamos. Saímos da vitimização, já não nos sentimos tão culpados, se é que somos ou fomos culpados. Podemos ver como aprendizados, não?

Milagres acontecem todos os momentos. A vida nos presenteia a todo momento com pequenos milagres e nem nos apercebemos disso. Nos dá a oportunidade de olhar para dentro, de nos encontrarmos com nosso amor maior. E quando nos damos essa oportunidade tudo muda. Não perdemos mais tempo com coisas pequenas, com sentimentos, pessoas, lugares que não fazem e nunca fizeram parte de nós. Mas que em determinado momento insistimos nisso, para só depois nos apercebemos disto e então fica a lição. E novamente estamos livres de nossos próprios julgamentos e vivemos na leveza de sermos nossa verdade, nossa essência.

        “Vivemos a liberdade de ser quem se é. Amando-se e respeitando-se a cada instante. ”

Denise Araújo
Nem tanto ao céu, nem tanto a Terra. Atriz, uma pessoa buscando sempre o equilíbrio e o caminho de encontro a minha alma na vida e nos palcos.

     

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba as novidades do site em seu e-mail. Além de ser informado de novos artigos, jogos interativos, lançamento de cursos e outras novidades, você ainda receberá todo mês uma Promoção Exclusiva do site!

 

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *